Saiba qual o momento de cada profissional no seu casamento.

É claro que o casamento é um evento exclusivo dos noivos, e ninguém tem o direito de ofuscar a presença deles. Mas o evento é recheado de ritos e momentos aonde os profissionais ficam responsáveis pelo casal. Fotógrafos e cinegrafistas, cerimonial, maquiadora,, DJs e muitos outros profissionais dos mais variados segmentos acompanham os casais em quase todos os momentos de seu casamento, mas cada qual tem o seu momento de prioridade. É importante frisar que as dicas que posto aqui não são válidas para todos os casos. Cada casamento tem suas particularidades, mas vale fazer uma análise generalizada para que os noivos tenham idéia de quem pode entregar sua atenção em cada momento.


Make of da Noiva:

O make da noiva é responsabilidade exclusiva das maquiadoras e cabeleireiras. Elas precisam se concentrar, precisam de precisão nas mãos e nada pode atrasar o seu trabalho. Junto, geralmente estão a equipe de foto e filmagem e as vezes a cerimonial. Mas o momento é de preparação, e a responsabilidade de um bom trabalho é exclusiva da equipe de beleza. Cabelo e maquiagem fazem parte de uma arte que merece ser valorizada. Fotógrafos e cinegrafistas podem roubar uma cena ou outra, pedir alguns instantes para alguma foto; mas nada que possa atrasar o trabalho de maquiagem. Ao mesmo tempo foto e filmagem podem trabalhar com o vestido da noiva, parentes, buquê, daminha, sapato, brincos e etc. Mas é importantíssimo que a noiva esteja pronta e vestida meia hora antes de sair para o casamento. Esse momento precisa ser separado exclusivamente para a foto e filmagem, pois mostra a noiva recém pronta, linda, gloriosa antes do derradeiro momento do sim.

No caso da foto e vídeo, chegar uma hora e meia antes do horário do evento no local aonde a noiva faz seu make é mais do que suficiente. Dá tempo de tirar fotos dos últimos retoques, tirar foto do vestido sem a noiva e de todas as reações das pessoas que a acompanham.


Make of do Noivo:

Com os noivos tudo fica mais fácil. Enquanto a noiva passou o dia inteiro se cuidando, o noivo toma um banho, faz a barba, se veste e vai para o casório. Neste caso ele pode ser acompanhado por uma equipe de foto e vídeo. O importante são as fotos espontâneas da breve arrumação e das pessoas que acompanham o noivo. Uma boa idéia é juntar noivo com noiva atrás da porta para que eles não se vejam..


Preparativos para a Cerimônia e para a recepção:

Os preparativos da cerimônia são dos decoradores, floristas e cerimoniais. Como uma equipe, eles deve deixar tudo pronto antes de qualquer convidado do casamento chegar. A equipe de fotografia e filmagem não pode atrapalhar o bom andamento deste momento, assim como tudo deve ser feito conforme o layout bolado pela cerimonial e aprovado pela noiva.



Entrada do noivo e padrinhos:

A cerimonial tem completa exclusividade para orientar a entrada dos padrinhos, pais e noivos. Ela vai orientar cada detalhe e não pode ser interrompida. A equipe de foto e filmagem precisa estar posicionada em dois lugares distintos. Na frente do altar esperando a entrada de todos, e na entrada, pegando as reações e os preparativos antes da entrada. Neste momento, tudo é melhor registrando com dois fotógrafos e dois cinegrafistas.


Entrada da noiva:

Na entrada da noiva muitas vezes os profissionais se atravessam. Geralmente a cerimonial vai buscar a noiva no carro com o pai da noiva, o fotógrafo, o cinegrafista e o motorista. A cerimonial tem a prioridade até ajeitar a noiva na porta da igreja, explicando todo o rito para o pai da noiva e a noiva. A partir da hora que a noiva estiver perfilada com seu pai,, fotógrafo e cinegrafista precisam ter a prioridade do registro. São segundos para a entrada da noiva que precisam ser registrados. Muitas vezes a cerimonial foca usando um tempo grande e precioso ajeitando o véu da noiva,. Consequência, aparece agachada de costas em todas as fotos e na filmagem da entrada da noiva. É fundamental que a cerimonial ajeite rapidamente o véu e libere noiva e pai para fotos e filmagem. Depois, no altar, após o padre, pastor ou celebrante apresentar os noivos aos convidados, a cerimonial pode pegar o buque ajeitar novamente o véu da noiva.


Cerimônia:

A cerimônia é toda do pastor, padre ou celebrante. É fundamental que a equipe de foto e filmagem converse antes com o responsável pela cerimônia para que o mesmo não se desconcentre no meio de um rito. A linha de raciocínio não deve sofrer alteração, principalmente por causa de um profissional que se movimente demais ou faça barulho. A Cúria Católica de Curitiba por exemplo, é bem rígida em relação ao comportamento dos profissionais nos casamentos. Existem fotógrafos que já deixaram lentes no altar, atravessaram na frente do padre e pediram para olharem "para uma foto" no meio do rito. O momento religioso não é momento de festa e sim de reflexão. Na hora do sermão, da homolia deve ser sagrado, flashes e aparições de cerimoniais não são bem aceitos.


Saída da cerimônia:

A dobradinha cerimonial e equipe de foto e filmagem se repete na saída da cerimônia religiosa. As cerimoniais perfilam os padrinhos e pais na saída enquanto fotógrafos e cinegrafistas acompanham os noivos até a saída da igreja. Mais uma vez a boa cerimonial está antenada aonde o fotógrafo está posicionado para não aparecer nas fotos.


Ensaio entre cerimônia e recepção:

O primeiro ensaio do casal precisa de uma importante sincronia entre equipe de foto, cerimonial e buffet. A comida está em preparo, e tem o tempo contado para sair. A cerimonial precisa acordar com o fotógrafo a quantidade de tempo para que após todos os ritos iniciais da recepção a comida esteja pronta e posta. O ensaio é todo do fotógrafo, o casal está exclusivamente com ele para que as fotos saiam perfeitas e bem românticas.


Fotos posadas com pais e padrinhos:

Mais uma vez cerimonial e fotógrafo precisam se entender. A cerimonial separa da festa pais, padrinhos, avós, pagens e todos os que o casal acham mais importantes. As fotos posadas geralmente são dirigidas pelo fotógrafo, mas a cerimonial também pode dar sugestões. Muitos fotógrafos não gostam desta intervenção. Eu particularmente, como fotógrafo, não me importo. Vejo em muitas cerimoniais o zelo para que não falte nenhuma foto, e isso acaba ajudando. São fotos importantes que certamente estarão no álbum de casamento e quanto mais gente focada para que tudo dê certo, melhor.


Entrada dos noivos, corte do bolo e brinde:

O DJ, sob o comando da cerimonial, dá o toque para que os recém-casados entrem na festa. A equipe de foto e filmagem precisa estar atenta, perguntar para a cerimonial antes aonde o casal irá parar para tirar a melhor foto do brinde. No brinde, a direção precisa ser do fotógrafo. Brinde embaixo, brinde em cima, brinde com pais e etc. Só ele sabe a lente que está na câmera e qual o ângulo mais apropriado para cada foto. O importante é que tudo ocorra de forma "azeitada", sem intervalos longos. Em seguida a cerimonial leva o casal para cortar o bolo, e mais uma vez fotógrafo e cinegrafista se posicionam para a melhor foto.


Jantar:

O jantar fica inteiramente entregue à equipe do buffet com seus garçons. Foto e filmagem não aparecem neste momento pois ninguém gosta de tirar foto com comida na boca. Dentro da minha experiência, já tiveram mães de noivas ou parentes que pediram para ir de mesa em mesa tirando foto. Realmente não é a hora apropriada. As fotos e a filmagem das mesas sem os noivos é feita antes da entrada dos recém-casados., quando não existem ante-pastos. Não se tira foto de ninguém mastigando comida e com a mesa desarrumada.


Cumprimento nas mesas / sapato e gravata:

Os noivos vão de mesa em mesa para agradecer a presença de cada um. Para as fotos, o ideal é que os convidados se levantem e se postem na frente da mesa. O local está sujo, com copos e pratos usados, e não fica bonito que este entulho apareça nas fotos. A hora do sapato e da gravata é organizado pela cerimonial. Este é um rito local que não é bem quisto pelos profissionais. É uma hora sadia de bagunça, principalmente dos padrinhos,; mas que deixa muitos convidados sem jeito. É importante mais uma vez que a cerimonial coordene cumprimento nas mesas e sapato com gravata para que terminem no horário propício para o início da dança dos noivos.


Dança dos noivos:

Na dança os noivos estão na mão do DJ e a equipe de foto e filmagem precisa de espaço para se movimentar. Em caso de dança coreografada a equipe que está registrando o evento precisa saber para que lado os noivos irão se apresentar e em que lado eles fecham a dança. A fumaça cênica e uma iluminação muito forte da pista pode atrapalhar, - e muito, - o registro deste momento.

É importante que a noiva fique antenada quando for dançar com seu pai e sogro, e o noivo quando for dançar com mãe e sogra. Veja se deu tempo do fotógrafo tirar uma foto deste momento. Muitas vezes um tio mais empolgado pede a dança com a noiva e não é feito o registro com seu pai ou algo parecido.


Festa:

A festa é livre para todos curtirem. A cerimonial precisa estar antenada para horário do buquê, sorteio do sapato e gravata e para o horário de entrega dos adereços. Um trabalho bem feito por parte das cerimoniais oferece uma boa sobra do restante do tempo contratado da recepção para a festa. Nesta hora a equipe de foto e filmagem precisa estar atenta para momentos espontâneos e para as fotos que os noivos queiram tirar com os melhores amigos. O DJ precisa interpretar o gosto dos noivos e dos convidados e manter a pista cheia!


Buquê:

A hora do buquê é ditada pela cerimonial e normalmente muito aguardada pelas moças solteiras. Neste momento o DJ coloca "All the single ladies" e as moças mais animadas já aparecem na pista. O fotógrafo e o cinegrafista precisam estar em uma posição privilegiada e atentos para buscar imagens do esforço das solteiras pelo almejado buquê.


Fim da Festa:

O fim da festa é todo da cerimonial. Ela separa os docinhos que sobraram para os parentes, conta as bebidas, faz o check list de tudo, deixa os presentes com a pessoa da família responsável em levá-los e guardá-los, entrega as lembrancinhas na saída dos convidados e etc.


Com bons profissionais dificilmente acontece algum erro grave em um casamento. Busque o histórico de cada um, veja com quais você mais se identifica. Não vá só pelo preço, porque, principalmente em um momento que você espera que ocorra apenas uma vez na sua vida, o barato pode sair muito caro.


Agora escrevo também como fotógrafo. O registro do seu casamento é eterno, muitas vezes algum detalhe pode faltar, mas o mais importante de tudo é que você curta com o seu noivo cada momento deste lindo acontecimento. Quanto mais vocês curtirem, melhores ficam as fotos. Fotos espontâneas dependem quase que exclusivamente do casal. Namorem, sorriam e curtam a festa!


Fernando é responsável pelo marketing da Vimo Vídeo Foto. Formado em Design e com pós-graduações, MBA e mestrado, é um dos responsáveis pelas campanhas publicitárias e estratégias da empresa. Fotógrafo profissional desde 2010, Fernando entende a importância de um bom atendimento e da busca pela satisfação do cliente.



Entre em Contato

Vimo Matriz
- Telefone: (41) 3262-6900 | Rua Mal. Deodoro, 2500 – Alto da XV, Curitiba-PR | Email: vimo@vimo.com.br | Mapa: Visualizar

Designed by Fernando Mendonça and Gustavo Ribeiro.

0